Richard H. Driehaus

(1942-2021)

Uma personalidade multifacetada

Richard H. Driehaus nasceu em Chicago em 1942 e foi uma personalidade multifacetada. Teve grande sucesso profissional e ganhou uma boa reputação como um investidor excepcional no campo da gestão de capital. Mas além da sua carreira profissional, dedicou o seu tempo e energia a uma série de projectos filantrópicos e de serviço comunitário, tanto individualmente como através da Richard H. Driehaus Foundation e do Richard H. Driehaus Charitable Trust.

Ele sempre valorizou a filantropia e defendeu o acesso educacional para todos. Consequentemente, deu apoio financeiro a várias instituições educacionais ao longo da sua vida. Em 2002, doou 3,45 milhões de dólares à Universidade DePaul, onde estudou, para patrocinar um novo reitor, e em 2012 anunciou uma doação de 30 milhões de dólares para melhorar os programas académicos na centenária faculdade de comércio dessa universidade. Também financiou bolsas de estudo para estudantes internacionais.

Ele apoiou outras instituições educacionais e ordens religiosas com orientação educativa, tais como a Holy Trinity High School, a Christ the King Jesuit High School, a St. Bede’s Grammar School, bem como o Loyola’s St. Joseph Seminary, a Christ the King College Preparatory School e a University of the Virgin Islands.

Ele sempre acreditou na importância de dar às pessoas a oportunidade de criar o seu próprio modo de vida. Esta era uma forma de apreço face àqueles que lhe tinham dado oportunidades de mostrar o seu valor ao longo da sua carreira.

O financiamento de tais iniciativas centrou-se principalmente em programas que beneficiavam pessoas que viviam na pobreza. Estes iam desde o desenvolvimento de um programa de educação financeira para ajudar as famílias de baixos rendimentos a aprender a criar e preservar riqueza, até outras iniciativas lançadas em conjunto com o South Shore Bank.

Nas Ilhas Virgens ele apoiou a Community Foundation of the Virgin Islands na sua missão de melhorar o bem-estar educativo, físico, social, cultural e ambiental da população local.

Ele apoiou também as artes performativas e visuais na crença de que estas proporcionam um equilíbrio muito necessário às nossas vidas agitadas. Assim, muitas bolsas foram concedidas para apoiar programas destinados a alargar a participação cívica na vida cultural de Chicago.

Compromisso com a preservação do património cultural e a continuidade da arquitectura tradicional e das artes e ofícios tradicionais

Ele sempre teve um forte interesse pessoal na excelência no design e na preservação do património cultural. O seu compromisso com o ambiente construído baseava-se na crença de que o design pode reforçar o sentido de identidade de uma comunidade.

Desde o início dos anos oitenta, foi um firme defensor da aplicação dos valores humanistas ao ambiente construído. Isto levou-o a apoiar uma arquitectura respeitadora do lugar e dos precedentes históricos.

Ele pôs estes ideais em prática na restauração de três edifícios históricos: a Mansão Samuel Mayo Nickerson de 1883, hoje Museu Richard H. Driehaus em Chicago; a Mansão Ransom Cable de 1886, que é sede do seu escritório em Chicago; e a propriedade em estilo Georgiano construída em 1906 por Norman W. Harris em Lake Geneva, Wisconsin.

Até à data, as suas contribuições para a arquitectura, design e ambiente excedem os 50 milhões de dólares. Os beneficiários incluem a Chicago Architecture Foundation, a Landmarks Illinois, a Historic Chicago Bungalow Association, a INTBAU, os Chicago Neighborhood Development Awards da Local Initiatives Support Corporation, os Neighborhood Housing Services of Chicago, a Old St. Patrick’s Catholic Church, a St. Ignatius College Prep (que foi a sua alma mater), o Millennium Park, os Friends of the Parks, o Committee for the Beautification of Lake Geneva, a Community Foundation of the Virgin Islands, o Congress for the New Urbanism, o Institute of Classical Architecture and Art, o National Trust for Historic Preservation e a Partners for Sacred Places, entre muitos outros.

Em 2003, com a University of Notre Dame, estabeleceu o Prémio Internacional Richard H. Driehaus. Este é um prémio anual de 200.000 dólares para personalidades que tenham dado um contributo extraordinário ou alcançado grande sucesso no campo da arquitectura clássica e tradicional. Em conjunto com este Prémio, o Prémio Henry Hope Reed tem sido atribuído desde 2005 a indivíduos que trabalham fora do domínio da arquitectura e que têm apoiado a cidade tradicional, a sua arquitectura e arte através da escrita, planeamento ou promoção.

O seu trabalho em Espanha

De particular importância são as iniciativas desenvolvidas nos últimos anos na Península Ibérica com o seu apoio. Ele amou o património Espanhol e Português e graças à sua generosidade todos aqueles que praticam a arquitectura, o urbanismo, e o artesanato e ofícios das várias regiões da Península puderam voltar a ter esperança que os seus conhecimentos e competências viessem também a ser desfrutados pelas gerações futuras.

Assim, em 2012, juntamente com a University of Notre Dame, ele fundou o Prémio Rafael Manzano da Nova Arquitectura Tradicional. Financiado com 50.000 euros, destina-se aos profissionais da arquitectura que trabalham em Espanha e Portugal e é concedido como reconhecimento da contribuição do premiado para o domínio da arquitectura e urbanismo no contexto de um respeito pelos princípios tradicionais, seja no restauro de monumentos, espaços públicos e ambientes urbanos de valor artístico e histórico, ou na construção de novas estruturas ou espaços públicos que, com base na tradição local, estejam harmoniosamente integrados nesses ambientes.

Desde então, o Richard H. Driehaus Charitable Lead Trust tem apoiado a INTBAU (International Network for Traditional Building, Architecture & Urbanism) na organização de uma série de iniciativas destinadas a promover a arquitectura e o urbanismo tradicionais, o sector da construção, e a preservação do património Ibérico.

Estas incluem o Concurso de Arquitectura Richard H. Driehaus, que ao contrário de tantas outros, promove a prática de uma arquitectura e urbanismo que preserva e dá continuidade às tradições locais, bem como ajuda a gerar estruturas urbanas mais bonitas e melhor integradas com o nosso património arquitectónico. Promove também a utilização de sistemas de construção coerentes e materiais sustentáveis, permitindo a criação de emprego de qualidade para os mestres artesãos locais. Esta iniciativa está organizada em duas fases, permitindo o envolvimento dos municípios onde os projectos são realizados. Na primeira fase, os municípios Espanhóis são convidados a apresentar os temas e locais propostos. Um júri internacional selecciona então os três que mais vão de encontro aos objectivos e propósitos do concurso e cuja realização é considerada mais viável. A segunda fase consiste numa competição internacional de design arquitectónico lançada para cada um dos três temas e locais previamente seleccionados. O júri internacional reúne-se então novamente para seleccionar as propostas vencedoras de arquitectura e design urbano.

Paralelamente à competição, os Prémios Richard H. Driehaus das Artes da Construção têm vindo a ser atribuídos desde 2017 para homenagear e divulgar os mestres notáveis das artes da construção. Os projectos candidatos são divididos em quatro categorias, sendo cada um premiado com um prémio de 10.000 euros e uma placa comemorativa. Além disso, de forma a dar continuidade ao trabalho de tais mestres artesãos, em cada ano é atribuída a um dos quatro vencedores a bolsa Donald Gray das Artes da Construção. Esta consiste num apoio de 14.000 euros oferecido ao mestre artesão seleccionado, para a formação de um aprendiz ao longo de um ano. Estes aprendizes, por sua vez, recebem um apoio de 12.000 euros.

A Rede Nacional de Mestres da Construção Tradicional foi criada em 2016 como um directório nacional dos principais mestres da construção activos nos dias de hoje. Ali estão listados muitos destes artesãos, juntamente com alguns dos seus trabalhos mais notáveis, as técnicas que utilizam e os seus dados de contacto. A Rede de Mestres torna estes ofícios acessíveis à sociedade em geral, ajudando-os a serem mais conhecidos e apreciados. Além disso, devido à visibilidade dada aos mestres ali presentes, a procura do seu trabalho é encorajada, juntamente com a transmissão das suas competências. Até agora, mais de 2.000 profissionais foram identificados e estudados, e após uma avaliação do seu trabalho, mais de 450 foram seleccionados.

Em 2019, foi criada a Medalha Richard H. Driehaus para a Preservação do Património. É um prémio complementar do Prémio Manzano da Nova Arquitectura Tradicional que reconhece empreendedores, criadores, directores de fundações ou outras instituições que estejam a dar contribuições significativas para preservar e expandir o património e tradições arquitectónicas em Espanha e Portugal.

Esta actividade constante durante a última década incluiu muitos outros projectos culturais: congressos, exposições, publicações e outras iniciativas que aproximaram o público nacional e internacional das qualidades frequentemente ignoradas do magnífico património urbano e cultural de Espanha e Portugal.

Ele trabalhou também com muitas instituições Espanholas em vários projectos, nomeadamente o Ministerio de Transportes, Movilidad y Agenda Urbana, o Ministerio de Cultura y Deporte, o Instituto del Patrimonio Cultural de España, a Infraestruturas de Portugal, o Gobierno de Navarra, o Gobierno de Cantabria, o Governo dos Açores, a Real Academia de Bellas Artes de San Fernando, a Real Academia de Bellas Artes de Santa Isabel de Hungría, a Real Academia Sevillana de Buenas Letras, a Fundación Medinaceli, a Prince’s Foundation, o Smithsonian Center for Folklife and Cultural Heritage, a Hispania Nostra, a Universidad de Alcalá, a Universidade Alfonso X el Sabio, a Universidad de Cantabria, a Universidad de Castilla-La Mancha, a Universidad de Navarra, a Universidad del País Vasco, a Universidad de Sevilla, a Universidad Politécnica de Madrid, o Centro de Investigación de Arquitectura Tradicional, a Universidad Politécnica de Valência, a Escola Superior Gallaecia, o ISCTE (Instituto Universitário de Lisboa), a Universidade de Évora, o CHAM Açores, a University of Notre Dame, a University of Miami, o Benedictine College, a Judson University, a Pontifical and Royal University of Santo Tomás de Manila e o Consejo Superior de Colegios de Arquitectos de España, entre muitos outros.

Prémios e distinções recebidas

Daniel L. Goodwin Watchdog Award, Better Government Association, 2020
Premio Hispania Nostra a las Buenas Prácticas en la conservación del Patrimonio Cultural y Natural, Hispania Nostra, 2019
Mención Especial de los Premios de Patrimonio Europeo/Premios Europa Nostra, EU-Europa Nostra Awards, 2019
Finalista de los Premios Europeos de Intervención en el Patrimonio Arquitectónico, AADIPA 2019
Honorary Member, The Cliff Dwellers, 2018
The Founders Award, Children at the Crossroads Foundation, 2018
ACG Chicago Lifetime Achievement Award, Association for Corporate Growth, 2017
Order of Lincoln Award, The Lincoln Academy of Illinois, 2017
Award for Excellence in Architectural Stewardship, Society of Architectural Historians, 2016
Distinguished Service to the Dance Field Award, Audience Architects, 2016
Acanthus Award of Appreciation, ICAA Midwest Chapter, 2015
Académico de Honor, Real Academia de Bellas Artes de San Fernando de Madrid, 2015
Lifetime Achievement Award, American Institute of Architects, Chicago, 2015
INTBAU Visionary Supporter Award, presented by HRH Prince Charles and the International Network for Traditional Building, Architecture and Urbanism, 2015
Jerry Gleason Achievement Award, Ed Kelly Sports Program, 2015
Angel Guild Award, Historic Chicago Bungalow Association, 2013
Ambassador Award, Chicago Dramatists, 2013
Horatio Alger Award, Horatio Alger Association, 2013
Admission to the Freedom of the City of London, 2012
Inducted into The Worshipful Company of Glaziers & Painters of Glass, London, 2012
Emerald Ball Honoree, Old St. Patrick’s Church, 2011
25 @ 25, Arts & Business Council of Chicago, 2010
Norman H. Stone Award, Emergency Fund, 2010
Corporate Honoree, Youth Advocacy Awards, UCAN, 2010
Distinguished Service Honoree, Lawyers for the Creative Arts, 2009
Honorary Doctorate of Public Service, Saint Xavier University, 2009
Distinguished Philanthropist Award, Association of Fundraising Professionals, 2009
Trustee Award, Chicago Architecture Foundation, 2009
Legendary Landmark Award, Landmarks Illinois, 2009
Restore America Hero Award, National Trust for Historic Preservation, 2008
Benjamin H. Marshall Prize, Benjamin H. Marshall Society, 2008
Chicago Landmark Award for Preservation Excellence, Commission on Chicago Landmarks, City of Chicago
Soane Foundation Honor, The Sir John Soane’s Museum Foundation, 2007
AIA Presidential Citation, The American Institute of Architects, 2006
Shield of St. Xavier Award, Saint Xavier University, 2006
Jens Jensen Award, Chicago Park District, 2005
Illinois Arts Legend Award, Illinois Arts Alliance Foundation, 2005
Leadership Award, Lakefront Supportive Housing, 2004
Theodore Herzl Award, Jerusalem Fund, 2004
Man of Vision Award, Midwest Eye-Banks, 2003
Landmark Preservation Award, Landmarks Illinois, 2002
Honorary Doctorate, DePaul University, 2002
Corporate Award for Excellence in the Arts, DePaul Theatre School, 2000
Mary Potter Humanitarian Award, Little Company of Mary Hospital, 1999
Unity Award, Frank Lloyd Wright Unity Temple Restoration Foundation, 1995

Uso de cookies

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies