Esta Escola irá realizar-se na area de Valderredible, na ponta sul da Cantábria, no alto rio Ebro, de 8 a 21 de julho. Vão estudar-se a construção, a arquitectura e o urbanismo tradicionais para produzir um manual para a conservação e a nova construção tradicional nesta zona. O desenho à mão e o levantamento de edifícios serão as principais actividades a realizar em cada dia. Especialistas em arquitectura e construção vernácula darão conferências sobre diversos temas relacionados com elas. Vão realizar-se viagens pela região, assim como visitas a oficinas e obras. Não se irá estudar apenas a tradição, mas os resultados de estas duas semanas de investigação vão publicar-se co o objectivo de poderem converter-se numa ferramenta de utilidade para futuras novas construções e reabilitações neste território. Durante os últimos dias vão desenhar-se propostas de melhoria para diferentes espaços públicos do lugar, fazendo para tal uso do manual previamente elaborado. O valor de inscrição é de 300 € e inclui aulas, alojamento, manutenção e transporte desde e para Madrid. As pessoas que estejam interessadas em participar, deverão preencher este formulário ouenviar um e-mail para: premiorafaelmanzano@gmail.com Uma vez que as vagas são limitadas, será realizado um processo de selecção entre os interessados em participar. Serão reservadas vagas para os estudantes das universidades que colaborem nesta escola de verão. Este ano, serão concedidas várias bolsas para cobrir o valor do workshop, graças à Fundação Serra Henriques (estudantes portugueses) e Alireza & Mina Sagharchi
Esta escola de verão será possível graças ao apoio do Richard H. Driehaus Charitable Lead Trust, através de um donativo da Chicago Community Foundation para o Richard H. Driehaus Charitable Fund, da Fundación Botín, da Fundación EKABA e da Fundação Serra Henriques, e a colaboração da Universidad Politécnica de Madrid, da Universidad Alfonso X el Sabio e da Universidad de Castilla-La Mancha (España), da Escola Superior Gallaecia (Portugal), das escolas de arquitetura da Judson University, a University of Miami e a University of Notre Dame (EEUU), do Centro de Investigación de Arquitectura Tradicional (CIAT), da Consejería de Medio Rural, Pesca y Alimentación del Gobierno de Cantabria e da Ayuntamiento de Valderredible. El comité organizador y el profesorado de la Escuela de Verano está compuesto por: José María Ballester (Fundación Botín), Douglas Duany ( University of Notre Dame) Alejandro García Hermida (Universidad Alfonso X el Sabio | INTBAU España), Rebeca Gómez-Gordo Villa (INTBAU España), Frank Martínez (University of Miami) y Christopher Miller (Judson University) y asistirán conferenciantes invitados como Mónica Alcindor (Escola Superior Gallaecia), José Baganha (INTBAU Portugal), Francisco Javier Castilla (Universidad de Castilla-La Mancha), Javier Cenicacelaya (Universidad del País Vasco | INTBAU Spain), Aritz Díez (Universidad del País Vasco), Rui Florentino (Escola Superior Gallaecia), Leopoldo Gil (INTBAU Spain), Kim Hitch (Prince’s Foundation), Jaime de Hoz (Universidad Alfonso X el Sabio | CIAT-UPM), Imanol Iparraguirre (Universidad del País Vasco), Elena Jiménez, Abelardo Linares, Rafael Manzano Martos (INTBAU Spain), Manuel Navarrete, Fernando Vela Cossío (Universidad Politécnica de Madrid | CIAT-UPM), Harriet Wennberg (INTBAU) y muchos otros.

Uso de cookies

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies