Madrid Traditional Architecture and Urbanism Summer School 2015

Escola de Verão 2015 em Madrid de Arquitectura e Urbanismo Tradicionais

Os participantes e professores, procedentes de diversas escolas, e com distintas idades, formações e nacionalidades, desenvolveram diferentes propostas de revitalização e embelezamento urbano para cinco espaços do centro histórico de Madrid que foram selecionadas atendendo às suas possibilidades de melhoria, já que se trata em todo o caso de espaços comparativamente pouco utilizados e disfrutados tanto por cidadãos como por visitantes, devido fundamentalmente a problemas de design urbano.
Apresentação
A Madrid Traditional Architecture and Urbanism Summer School 2015 foi levada a cabo entre os dias 15 e 21 de junho de 2015. Organizada pelo Prémio Rafael Manzano, a Escola de Arquitectura da Universidade de Notre Dame e a Escola de Arquitectura da Universidade de Miami, graças ao apoio do Richard H. Driehaus Charitable Lead Trust, contou também com a colaboração de Município de Madrid, Universidade Alfonso X el Sabio, Universidade Politécnica de Madrid, Universidade de Alcalá, INTBAU España e Centro de Investigação de Arquitectura Tradicional (CIAT).

​Esta escola internacional de verão de desenho e proposta arquitectónica e urbana tinha como principal objetivo introduzir os participantes no uso da arquitectura e do urbanismo de tradição local como ferramentas para o projeto contemporâneo. Coordenados e assistidos pelos professores organizadores do seminário, Lucien Steil (Universidade de Notre Dame), Frank Martínez (Universidade de Miami) e Alejandro García Hermida (Universidade Alfonso X el Sabio), os participantes, procedentes de diversas escolas, e com distintas idades, formações e nacionalidades, desenvolveram diferentes propostas de revitalização e embelezamento urbano para cinco espaços do centro histórico de Madrid: a Praça del Carmen, a Praça de las Descalzas-San Martín, a Praça de Jacinto Benavente, a Praça de los Mostenses e a Praça de Santo Domingo.

As cinco praças foram selecionadas atendendo às suas possibilidades de melhoria, já que se trata em todo o caso de espaços comparativamente pouco utilizados e disfrutados tanto por cidadãos como por visitantes, devido fundamentalmente a problemas de design urbano.

A metodologia para o desenvolvimento dos projectos foi em qualquer caso estudar a história e as tradições construtivas e arquitectónicas locais, analisando a composição dos espaços públicos mais atrativos do centro urbano, estudar pormenorizadamente a história de cada um dos espaços a intervir, as suas configurações sucessivas, os elementos que os compõem no presente e o seu funcionamento atual.

Desta forma, o trabalho analítico de campo foi acompanhado desde o primeiro dia com uma série de conferências breves sobre a história urbana das áreas sobre as que se projecta, a tradição arquitetónica e construtiva madrilena e as políticas municipais para a conservação da identidade paisagística do centro urbano de Madrid, a cargo de representantes das muitas instituicões que colaboraram na actividade: Jaime de Hoz (Universidade Alfonso X el Sabio), José Francisco García (Diretor Geral de Património Cultural e Qualidade da Paisagem Urbana do Município de Madrid), Emilio Martínez Vidal (Direção Geral de Revisão do Plano Geral de Ordenamento Urbano do Município de Madrid), Rosa Cervera (Universidade de Alcalá), Fernando Vela (Universidade Politécnica de Madrid) e Jean-François Lejeune (University of Miami).

Estes estudos preliminares ergueram-se deste modo nas principais ferramentas para a posterior apresentação de cada proposta, dirigidas em qualquer caso a reativar e requalificar os espaços que sofreram intervenções e seguindo sempre o princípio de optar pela que se considere a mínima intervenção necessária. Assim, respeita-se o mais possível o funcionamento e posição dos acesos a estacionamentos subterrâneos, vias para tráfico rodado e edifícios existentes, transformando só pontualmente aquilo que mais possa contribuir para o objetivo a alcançar.

Foram tidos particularmente em conta aspetos urbanos tão importantes como a preservação da identidade local e do património arquitectónico, a correta definição espacial, o fortalecimento da actividade social.

Os professores que coordenaram a atividade, assistidos por Javier de Mingo, trabalharam junto aos diferentes grupos de participantes nas diversas propostas. Mamen Muela Amorrich, Irene Muñoz Fernández, Ángel Sánchez Jiménez y Molly Visk foram os autores do projeto para a Plaza del Carmen. Maureen Brown, Elena Gallego de Velasco, Joseph Jutras e María O’Connor Nebot, da proposta para a Plaza de Jacinto Benavente. Jorge Alonso Albendea, David Cobos Pérez, Óscar José García Martínez, Aleksandrina Ivaylova Marinova e Ismael Pizarro Muñoz trabalharam na Plaza e no Mercado dos Mostenses. Alberto Cubillo Romero, Andrea Güezmes Alonso, Žilvinas Klivickas e Inés Mendoza Gutiérrez, na Plaza de Santo Domingo. E Marina Rivero Pérez, Álvaro Rodríguez de Azevedo, Gonzalo Sánchez Candenas y Jaime Segovia, na Plaza las Descalzas e na de San Martín.

O trabalho de atelier desenvolveu-se fundamentalmente nos espaços cedidos com grande generosidade pela Biblioteca Pública Municipal Eugenio Trías, na Casa de Fieras de El Retiro de Madrid. A sua diretora, Estela Gonzalo, e todo o pessoal da biblioteca foram mais um elemento integrante da equipa. Sem eles e sem a sua amável ajuda este trabalho não teria alcançado tão bons resultados.

As propostas finais foram apresentadas na última sessão perante representantes das diversas instituições participantes e o público interessado. Assistiram também os membros do jurí do Prémio Rafael Manzano 2015, Michael Lykoudis, Leon Krier, Melissa DelVecchio, Leopoldo Gil e o próprio Rafael Manzano Martos, quem se ocupou de rever cada uma das propostas e de fazer sugestões aos seus autores para a melhoria de diversos aspetos dos projectos expostos.

A University of Notre Dame premiou além disso a eleita como melhor proposta da escola de verão: o projeto para a Plaza de Jacinto Benavente.

 

Imagens

Plaza del Carmen

Plaza de las Descalzas

Plaza de Santo Domingo
Plaza de Jacinto Benavente
Plaza de los Mostenses
Fotos de las actividades

Uso de cookies

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies